Livro selecionado: "Obras Póstumas "

ÍNDICE

A Igreja

Paris, 30 de setembro de 1863.
Médium, o Sr. d'A...

Eis-te de volta, meu amigo, e não perdeste o tempo; trabalha, trabalha, porque é preciso não deixares esfriar a bigorna. Forjas armas de boa têmpera; repousa do trabalho, empreendendo outros mais difíceis. Ser-te-ão dados todos os elementos à medida das necessidades.

Chegou a hora em que a Igreja deve prestar contas do depósito que lhe foi confiado; do modo como praticou os ensinos do Cristo, do uso que fez da sua autoridade, da incredulidade, enfim, a que arrastou os homens.

Chegou a hora em que ela deve dar a César o que é de César e sentir a responsabilidade de todos os seus atos. Deus a julgou e reconheceu-a imprópria, de hoje em diante, para a missão do progresso, que incumbe a toda autoridade espiritual.

Só passando por uma completa transformação ela poderia continuar, mas resignar-se-ia a isso? Não, porque então deixaria de ser a Igreja. Para abraçar as verdades e os descobrimentos da ciência, precisaria renunciar aos seus dogmas fundamentais. Para voltar à prática rigorosa dos preceitos do Evangelho, precisaria renunciar ao poder, à dominação, trocar o fausto e a púrpura pela simplicidade e pela humildade apostólica. Acha-se nesta alternativa: ou se transforma e suicida-se, ou fica estacionária e sucumbe esmagada pelo carro do progresso.

Roma já sente a agonia e sabem, na Cidade Eterna, por irrecusáveis revelações, que a doutrina espírita é chamada a ferir de morte o papado, porque o cisma se levanta, vigoroso, na Itália.

Não deve causar admiração o encarniçamento do clero contra o Espiritismo, porque a isso o leva o instinto de conservação. Ele, porém, já viu as suas armas embotarem-se contra este poder nascente, os seus argumentos serem desfeitos pela lógica inflexível e não lhe resta senão o recurso de fazê-lo passar por obra do demônio, fraquíssimo recurso para o século XIX!

Por demais, a luta está travada entre a Igreja e o Progresso, mais do que entre ela e o Espiritismo. É o progresso geral das idéias que a acomete por todos os lados e a farei sucumbir, como a tudo quanto não se lhe nivelar. A marcha rápida dos acontecimentos deve fazer-vos pressentir que o desfecho não tardará. A Igreja atira-se, por si mesma, ao precipício.

Espírito D'E.

Copyright 2004 - LAKE - Livraria Allan Kardec Editora
(Instituição Filantrópica) Todos os Direitos Reservados