Livro selecionado: "A Gênese"

ÍNDICE

Os Dez Leprosos

16. Um dia, indo para Jerusalém, e passando pelos confins da Samaria e da Galiléia, _ estando perto de entrar numa cidade, dez leprosos vieram diante dele; e mantendo-se afastados, elevaram suas vozes e lhe disseram: Jesus, nosso mestre, tende piedade de nós, _ Quando ele os percebeu, disse-lhes: Ide vos mostrar aos sacerdotes. E enquanto iam, foram curados.

Um deles, vendo que estava curado, voltou sobre seus passos, glorificando a Deus em altas vozes; _ e veio atirar-se aos pés de Jesus, o rosto contra a terra, rendendo-lhe graças; e este era samaritano.

Então Jesus disse: Todos os dez não estão curados? Onde estão pois os outros nove? _ Só se encontrou um que voltou, e que rendeu graças a Deus, e este é estrangeiro. _ E ele lhe disse: Erguei-vos, ide: vossa fé vos salvou". (S. Lucas, cap. XVII, vers. de 11 a 19).

17. Os samaritanos eram cismáticos, aproximadamente como os protestantes em relação aos católicos, e desprezados pelos Judeus como heréticos. Jesus, curando indistintamente os samaritanos e os Judeus, deu ao mesmo tempo uma lição e um exemplo de tolerância; e fazendo ressaltar que o samaritano foi o único que voltara para dar graças a Deus, mostrou que nele havia mais da verdadeira fé e mais reconhecimento, que naqueles que se diziam ortodoxos. Acrescentando: "Vossa fé vos salvou", fez ver que Deus olha o fundo do coração e não a forma exterior da adoração. Todavia, os outros foram curados; tal era preciso para a lição que queria dar, e provar a sua ingratidão; porém, quem sabe o que terá proporcionado esse resultado, e se eles se terão beneficiado do favor que lhes fora concedido? Dizendo ao samaritano: "Vossa fé vos salvou", Jesus dá a entender que o mesmo não sucedeu com os demais.

Copyright 2004 - LAKE - Livraria Allan Kardec Editora
(Instituição Filantrópica) Todos os Direitos Reservados