Livro selecionado: "A Gênese"

ÍNDICE

Estrela dos Magos

4. Diz-se que uma estrela apareceu aos magos que tinham vindo adorar a Jesus, que ela se deslocou diante deles para lhes indicar o caminho e parou quando chegaram. (São Mateus, cap. II, vers. de 1 a 12).

A questão não é de saber se o fato relatado por São Mateus é real, ou se não é apenas uma imagem para indicar que os magos foram guiados de maneira misteriosa para o lugar onde se encontrava o Menino, pois não existe nenhum meio de verificar o assunto; consideremos se é possível um fato dessa natureza.

Uma coisa certa é que, em tais circunstâncias, a luz não podia ser uma estrela. Assim se podia pensar, numa época em que se consideravam as estrelas como pontos luminosos fixos ao firmamento, os quais podiam cair sobre a Terra; não hoje, quando se lhes conhece a natureza.

Nem por isso deixa de ser coisa possível a aparição de uma luz com o aspecto de uma estrela, mesmo que não tenha a causa que se lhe atribui. Um Espírito pode aparecer sob forma luminosa ou transformar uma parte de seu fluido perispiritual em um ponto luminoso. Diversos fatos desse gênero, recentes e perfeitamente autênticos, não têm outra causa, e esta causa nada tem de sobrenatural. (Cap. XIV, ns. 13 e seguintes).

Copyright 2004 - LAKE - Livraria Allan Kardec Editora
(Instituição Filantrópica) Todos os Direitos Reservados