Livro selecionado: "A Gênese"

ÍNDICE

Sonhos

3. José, diz o Evangelho, foi advertido por um anjo que lhe surgiu em sonhos, e lhe disse que devia fugir para o Egito com o Menino (São Mateus, cap. II, v. 19 a 23).

As advertências por sonhos desempenham um grande papel nos livros sagrados de todas as religiões. Sem garantir a exatidão de todos os fatos relatados e sem os discutir, o fenômeno em si mesmo nada tem de anormal, quando se sabe que durante o sono o Espírito se desliga dos laços da matéria, quando entra momentaneamente na vida espiritual onde reencontra aqueles a quem já conheceu. É freqüentemente este momento que os Espíritos protetores escolhem para se manifestar a seus protegidos e dar-lhes conselhos mais diretos. Os exemplos autênticos de advertências ou avisos por sonhos são numerosos, mas não se deveria deduzir que todos os sonhos sejam avisos, e anda menos que tudo quanto se veja em sonhos tenha significado. Deve-se colocar a arte de interpretar os sonhos, entre as crenças supersticiosas e absurdas. (Cap. XIX, ns. 27 e 28).

Copyright 2004 - LAKE - Livraria Allan Kardec Editora
(Instituição Filantrópica) Todos os Direitos Reservados